JANESON VIDAL | Ano de fortalecer nossa humanidade.

Chairman de Rotaract, 2016-17


janesonAnualmente nossas missões são renovadas pelo Rotary com fortes direcionamentos, não diferentes, mas diversos. A nossa instituição tem princípios que não divergem entre si, mas esse transpassar temporal renova linhas e nos guia pra vertentes do nosso trabalho.

 

Quando o nosso Presidente John Germ nos sinaliza com “Rotary a serviço da humanidade”, ele informa que o nosso serviço é feito em prol das pessoas, da paz social e do caminho humanitário sempre necessário. Não há que se crer que a nossa organização não tenha esse viés muito bem postulado no nosso dia-a-dia, ainda que quando através desse caminho humanitário nos desenvolvemos enquanto cidadãos e sujeitos inseridos num contexto global.

 

Não diverso disso e na mesma linha, a nossa Representante Distrital de Rotaract nos convida para o exercício desse lema mundial com o “Potencialize sua liderança através do servir”, demonstrando que esse trabalho humanitário que desenvolvemos é um caminho fortificante do nosso próprio desenvolvimento pessoal e profissional.

 

O desenvolvimento que temos nessa atuação é natural e forte, observado com maior facilidade com o transcorrer do tempo, fazendo com que o exercício dessa liderança não seja alheio a nós e a nossos companheiros. O exercício da liderança, mais do que natural é condição para o desenvolvimento em Rotary e deve ser ofertado a todos, sem que se coloque um companheiro à margem dessa possibilidade.

 

O Rotaract, tal qual o Interact, apesar dos momentos diversos de vida, trata de crescimento e a associação deve ser exercida nesse sentido, mas não o crescimento pelo crescimento, senão o crescimento pelo serviço, pelo apoio, pelo companheirismo, pelos contatos, pelas viagens, pelo jogo de cintura, pelas amizades, pelas memórias e pela responsabilidade. Por um momento pensei em “não somos mais crianças”, mas talvez, estando em Rotary agora, seja mais justo dizer: vocês não são mais crianças, muito menos eu.

 

A relação entre Rotary e Rotaract agora resta renovada através de laços ainda mais estreitos advindos do nosso Conselho de Legislação de 2016 que, dentre outras coisas, informou que não há grande diferença entre nós, tanto que temos que estar uns entre os outros, com a força da dupla associação. Mesmo tendo escolhido estar apenas em Rotary agora, não me sinto menos Rotaractiano, já que talvez hoje eu apenas sinta que completei um ciclo para continuar servindo no ciclo seguinte. Como vai acontecer com vocês, rotaractianos.

 

Sejam bem-vindos a mais um ano de crescimento, através do trabalho humano, responsável e dos laços que nos unem.

 

Janeson Vidal de Oliveira

Associado ao Rotary Club de Pau dos Ferros

Chairperson de Rotaract e de Expansão